Que conselho para evitar excesso de peso em crianças?

O conselho será sempre acompanhado, aconselhamento dietético e luta contra a inatividade física e será reforçado em crianças que tenham pais obesos.

O bebê, o bebê: é aconselhável aconselhar a amamentação e uma fórmula adequada e não dar leite de vaca antes da idade de 1 ano. A diversificação não deve ser muito cedo e as porções devem ser aumentadas gradualmente. 
Se o bebê estiver chorando, evite dar o peito, a mamadeira ou depois um biscoito: não está necessariamente com fome. 
Para estimular suas habilidades motoras, deixe seu bebê o máximo possível no tapete de treinamento e reduza o tempo de reclinar (o que lhe permite mover apenas a cabeça e as pernas!).

Na primeira infância: a criança pode consumir a mesma comida que um adulto, mas a atenção deve estar nas quantidades que devem aumentar gradualmente conforme necessário. 
Você tem que ensiná-lo a estruturar seu dia nas refeições e não deixá-lo comer o dia todo. É nessa idade que se deve ensiná-lo a não beliscar entre as refeições, porque a alternância entre as refeições e a saciedade é essencial para a regulação nutricional e para o estabelecimento de sua capacidade de ajustar seu consumo alimentar. Esse aprendizado não pode ser feito em uma criança que come com frequência.
Durante a refeição, você tem que ensiná-lo a comer devagar e mastigar sua comida. As refeições não devem ser tomadas na frente da TV porque na frente da tela pequena você não mede o que você come. 
Evite recompensá-lo sistematicamente com petiscos que devem ser banalizados e integrados à dieta diária. 
Deve ser incentivado a mover-se (bicicleta, rolo, scooter, piscina, etc …), além dos esportes que pratica e regular o número de horas gastas assistindo TV e videogames (menos de 2 horas por dia). Mostre-lhes o exemplo especialmente nos fins de semana!

A criança grande e o período peripubertal: é o momento em que crescem mais, é necessário ajustar as quantidades às necessidades do crescimento e corrigir as faltas e os erros do exterior. Mas, nessa idade, as diferenças entre os indivíduos às vezes são muito grandes e são marcadas entre meninos e meninas. Você deve saber explicar a uma menina de 9 anos que ela não pode comer como seu irmão de 15 anos (em quantidade e não em qualidade !!!). Nessa idade, os meninos sempre tenderão a desenvolver músculos enquanto crescem, enquanto a menina naturalmente adquire gordura corporal! 
Mesmo se eles se tornarem mais autônomos, não pare: você deve manter o mesmo conselho dietético dos pequenos! Educar é repetir!
Recomenda-se a prática regular de um ou mais esportes. Cuidado com a TV e o computador (não mais que 3 horas por dia).

Na adolescência: é um momento difícil porque o seu filho irá desenvolver um comportamento alimentar peculiar à sua idade. Seus gostos e hábitos alimentares se assemelham aos do grupo ao qual ele pertence. Este período é necessário para si mesmo se for conflituoso. Mordidelas, desestruturação de refeições, gostos especiais, etc .: todos esses comportamentos são comportamentos banais nessa idade, incluídos em um processo de desorganização global (e normal). Continue sem renunciar. Mantenha-se fiel aos mesmos princípios, mesmo que você ache que seu filho não está ouvindo.

Um método conciliável com uma dieta

M: – Você acha que podemos praticar mindfulness fazendo dieta?

B: – Absolutamente, pelo contrário. Mindfulness irá ajudá-lo a seguir sua dieta. Até foi provado por vários estudos que a prática da atenção plena contribui para a perda de peso. Primeiro porque comemos menos e menos depressa. Desacelerar e especialmente mastigar mais para apreciar todos os sabores reduz a quantidade de alimentos ingeridos. A Consciência Total também promove comer a quantidade certa e identificar a saciedade. A sensação de saciedade ocorre cerca de vinte minutos após o início da refeição e, especialmente, quando você identifica que sente menos prazer ou sente menos sabores diferentes. Ela sugere, além disso, não se sentir “cheia”, você sabe quando saímos da mesa e que não podemos mais! A idéia é encher nosso estômago apenas 80% e você não pode saber como é confortável! Eu convido você a tentar!

Um método que permite encontrar os sabores dos alimentos de que gostamos

M: – Claro que vou tentar. Tenho a impressão de que vou realmente encontrar o sabor da comida.

B: – É exatamente isso. Você privilegia os produtos de que gosta, brinca com as especiarias para diversificar os sabores e encontrar uma nova satisfação. Você se volta mais para receitas intuitivas guiadas pelos seus sentidos.

Um método libertador e bem-estar

M: – Na verdade, é uma turbulência completa nos hábitos?

B: – Em qualquer caso, novos comportamentos para adotar diariamente para realmente se sentir melhor sobre si mesmo. Nossa sociedade está constantemente nos empurrando para mais consumo e, portanto, comer mais vezes com porções cada vez maiores. É interessante voltar a uma dieta equilibrada que traz forma, uma mente positiva. De fato, direi que a atenção nos coloca de volta aos trilhos. Você vê que nos permite estar mais atentos à equação da energia, você sabe que você não deve comer mais do que você gasta energia, faz sentido. E isso se torna um automatismo. Você não precisa mais calcular o que come, apenas precisa ouvir o que seu corpo lhe diz. Então, é uma paz de espírito, também é libertadora.

Um método que permite conhecer e se amar novamente

M: – Eu acho que estou convencido, mas não tenho certeza de como vou lidar com tudo isso.

B: – Comece devagar. Você encontrará na internet meditações que podem ajudá-lo como a meditação das uvas, provavelmente a mais conhecida quando se trata de comer em plena consciência. A idéia é pegar uma uva ou outro alimento, uma área de mandarim por exemplo, e colocar todos os seus sentidos em atividade, olhar, sentir, colocar nos lábios, colocar na boca, etc. . Este exercício é muito interessante porque faz você descobrir em detalhes todas as sensações que você pode viver apenas com uma uva ou um pedaço de tangerina. Sugiro-lhe em cada refeição para tentar se tornar consciente do que você sente sobre as três primeiras mordidas e possivelmente a última. Apenas para que você tome a medida da presença completa. Tente durante o dia para ter momentos em que você está na presença do que você vive aqui e agora. Aproveite a água que flui sobre o seu corpo quando você toma banho, a aparência de alguém que você encontra no dia, o sorriso de outro. Você verá que expandirá a atenção plena, não pensará apenas comendo, mas em suas atividades diárias. Traz felicidade, satisfação e bem-estar porque você se torna consciente das emoções positivas que marcam sua vida.

M: – Eu realmente não posso esperar para começar, porque tenho certeza que isso me trará bons hábitos na minha dieta e na minha vida em geral.

B: – É óbvio e você pode começar agora mesmo. Você aprenderá a ouvi-lo, a ter consciência dos seus hábitos alimentares e a despertar todos os seus sentidos.