Mês: agosto 2018

Resumo

Resolvemos chegar em um dos assuntos mais importantes quando se trata da ejaculação precoce: e após analisar o que se entende por ejaculação precoce, a incidência da doença, causas, diagnóstico, estratégias e, finalmente, temos esboçado um perfil psicológico dos pacientes, com a finalidade de enquadrar dentro de um contexto terapêutico que visa a cura do problema. E é justamente este último ponto que retomamos a discussão, tentando colocar em destaque terapias. A fim de evitar sobrecarregar a questão, nesse artigo a ejaculação precoce não será considerada adequadamente um “problema”, ao invés de um “mal-entendido”, que, como veremos, irá provar ser absolutamente reversível.

 

Terapias

Depois o especialista realizar check-up, o paciente será submetido a um procedimento terapêutico útil para superar o lamentável equívoco no exame; e, como é sabido, a ejaculação prematura parte de uma mistura de elementos vulneráveis da origem causal do mental, psicosocial, físico, relacional. Cada um desses problemas devem ser resolvidos individualmente, como se isso não fosse assim, seria fomentar ainda mais a ejaculação precoce do assunto: em relação a isso, as estratégias terapêuticas contra a ejaculação precoce pode ser resumido nessas que aparecem aqui:

  • Terapia de reabilitação do tipo sexologia
  • A terapia de droga
  • A terapia psicodinâmica
  • Remédios naturais

Entre as diversas opções terapêuticas úteis para retardar a ejaculação prematura de ser lembrado da circuncisão: parece que, na verdade, que é a hipersensibilidade da glande é uma das principais causas da ejaculação precoce. Estritamente falando, neste, o médico pode aconselhar o paciente a circuncisão associado a neurotomia glandular, útil para diminuir significativamente a sensibilidade para a glande, como resultado adiar a ejaculação. Porque muitas vezes é essa pele que causa uma super sensibilidade na área do pênis que acelera a ejaculação.

 

A terapia psicológica

Muitos dos elementos pensado para ser responsável pela ejaculação precoce têm origem no psicológico e, como resultado, a melhor abordagem terapêutica para superar esse lamentável mal-entendido é representado pela reabilitação sexologica. A partir dos escritos do Dr.  A. Graziottin, surgiram e conclusões importantes: primeiro, a terapia de reabilitação sexologia é útil para monitorar não apenas a ansiedade mas também , e acima de tudo, a percepção do corpo, as sensações físicas úteis para controlar a ejaculação e, em seguida, para adiar o mais possível o chamado – e já discutido – “ponto de não retorno”.
Com a finalidade de (re) adquirir um bom domínio do próprio corpo, esta terapia consiste manual de práticas (masturbação) associado a um respiratória educação, um tempo para aliviar a tensão e os músculos. Também a prática de alvo de auto-massagem, yoga e treinamento de força ajuda a controlar o tempo ejaculatorial. Mas não é só isso: através da terapia de reabilitação – sexologia da ejaculação precoce será capaz de, progressivamente, para “sentir” o seu corpo, começar a amar-lo e ouvir seus próprios impulsos. Deve ser a mente para levar o corpo, nunca vice-versa.

A terapia de droga

O uso de medicamentos para corrigir o tempo de ejaculação durante a relação sexual, é um tema muito discutido, mas, ao mesmo tempo, um objeto de grande interesse para a profissão médica. Há controversas teorias: alguns especialistas estão se alinhando contra a administração da especialidade de drogas destinadas a retardar a ejaculação, e outros são absolutamente a favor.

 

 

5 dicas fáceis para perda de peso

Se você espera perder alguns quilos este ano, comece gradualmente sua estratégia de perda de peso com estas dicas – é fácil de aplicar. De Melissa Daly

 

 

1. Adicione ao fogão

“Deixar guisados ​​de comida no fogão em vez de na mesa de jantar e você vai comer cerca de 10% a menos. (E) embalar lanches em sacos de salsa simples. Se você comer fora de um recipiente grande, você pode comer até 61% mais. “- Dr. Brian Wansink, Diretor de Alimentos e Laboratório de Marcas da Cornell University nos EUA

 

2. Refine seus objetivos

“Mude o seu objetivo de perder 10 kg para perder 1 kg 10 vezes e dar-se crédito por cada um.” – Anne Parker, conselheira de bem-estar

 

3. Mantenha as separações

Não jogue as louças quando comer ou cozinhar com elas. A pele contém uma substância que aumenta a gordura muscular e marrom, o que ajuda a proteger contra a obesidade. Este foi o achado de pesquisadores da Universidade de Iowa em um estudo publicado na revista PLoS ONE em 2012 .

 

4. Equilibre suas refeições

Certifique-se de que suas refeições incluam fibras e proteínas. Ele ajuda a manter os níveis de açúcar equilibrados, o que significa que você terá menos probabilidade de provar certos alimentos, diz a nutricionista Tanya Zuckerbrot, autora de The Miracle Carb Diet .

 

5. Compartilhe seus objetivos

“Blog sobre seus objetivos: é mais difícil jogar a toalha na frente de um público.” – Charles D’Angelo, autor de Think and Grow Thin

A impotência é algo que afeta grande parte dos homens não só do brasil mas do mundo, muitos deles andam perdendo o sono e um pouco da qualidade de vida por ter mais esse problema afetando o psicológico deles.

Causas Psicológicas

Ele funciona ou não funciona? O que acontece na cabeça do homem antes do sexo é um circulo vicioso. O medo do fracasso para a disfunção erétil. Já ocasionais broxadas devido ao stress ou uma disputa, pode levar a falha frequente. E a ansiedade podem agravar ainda mais esse problema físico.

A impotência vai acabando com a auto-estima e leva, no pior dos casos, o homem a excluir as relações sexuais da sua vida por completo. No círculo vicioso de medo e de diminuir a quantidade de relações sexuais em algum casos o homem acaba deprimido. Essa rotina de medo e pressão acaba afetando todas as áreas sociais do homem.

Se a primeira vez deu errado

Há homens que falham em sua primeira relação Sexual. E outros que passam a enfrentar esse problema depois de algumas experiências catastróficas e outros ainda que estão acostumado a ter um pênis levemente enrijecido que só consegue trazer prazer para ele mesmo. Na primeira relação sexual é recorrente acontecer pelo nervosismo enfrentado quando você esta prestes a perder a virgindade, o mais importantes nesses casos é não se deixar abalar e entender que isso pode ter acontecido pelo seu nervosismo, e que isso pode ser exclusividade dessa vez. Mas se o problema é recorrente e acontece quando não tem nenhum impedimento de sua cabeça é importante procurar ajuda o quanto antes, porque todo merecemos uma vida sexual saudável.

A vida em si, todo e qualquer acontecido acaba refletindo na vida sexual: Um divórcio. A perda de um trabalho. Tudo isso pode sobrecarregar a alma e trazer problemas para a excitação e ereção. Muitos homens neste contexto não estão cientes que quem esta contribuindo para esse problema são os problemas psicológicos causados por essa lista de problemas enfrentados na vida.

O medo de não ser um bom amante

A maioria dos homens se cobram muito quando o assunto é sexo e relação sexual, grande parte pela sociedade em si que costumam dizer que o homem tem que ser um bom amante, que não pode ter impotência nunca e muito menos uma ejaculação precoce, essas regras impostas por amigos, familiares e até mesmo os parceiros sexuais são coisas que afetam diretamente na vida sexual de muita gente. O homem já vai para a cama com um peso enorme nas costas de quem precisa ser bom ou melhor que os outros e isso acaba sendo um tiro pela culatra, porque causa um medo gigante na cabela do próprio homem.

Então a parte mais importante para o desaparecimento desse mal moderno seria a diminuição da pressão imposta pelos outros mas como é algo muito grande e difícil de acontecer de uma hora pra outra o primeiro passo é tratar esse assunto como natural e começar a conversar com o parceiro de forma aberta se tem algo incomodando ou colocando pressão em cima do ato sexual. Assim diminuindo as chances de isso continuar ocorrendo na vida do afetado.